Saiba o que é uma startup, como funciona e o que fazer para entrar no ramo

Startup o que é: empresas inovadoras.
Startup o que é: empresas inovadoras.

Você sabe o que é startup? O significado do termo startup tem origem no inglês na palavra start que significa começar. Os  primeiros usos desse termo remetem a um artigo na revista Forbes na década de 70. Porém, a palavra só começou a se popularizar na década de 90 com o surgimento da Internet.

Esse termo é bastante genérico e pode englobar desde gigantes tecnológicas até empresas em estágio de gestação. De maneira geral, a ideia de startup está diretamente ligada à noção de inovação e surgiu no famoso Vale do Silício, uma região da Califórnia especializada em alta tecnologia.

Neste artigo, vamos explicar tudo sobre startup o que é e como funciona. Iremos apresentar as características desse modelo de negócio e seus tipos, além de explicar como criar uma startup. Confira!

 

Startup o que é: empresas inovadoras.

Startup o que é: empresas inovadoras. | Foto: Freepik/rawpixel.com.

 

O que é uma startup?

Uma startup é uma empresa que tem o objetivo de crescer de maneira agressiva. Ela costuma oferecer produtos e serviços inovadores, visando solucionar uma dor do consumidor ou trazer inovação para alguma mercadoria que já existe.

Geralmente, as startups baseiam seu modelo de negócio em tecnologia digital e são empresas que atuam em um mercado de alto risco e que buscam de forma contínua investimentos externos, no entanto elas conseguem crescer e desenvolver soluções de maneira mais rentável.

Como funciona uma startup?

O funcionamento de uma startup é simples de entender. Trata-se de uma empresa em fase inicial que, a partir de percepções sobre a situação e as necessidades dos consumidores, possui uma proposta de negócio inovadora e com um grande potencial de crescimento.

Não existe um limite de atuação para essas empresas, elas podem estar presentes em qualquer área ou tipo de mercado. Elas contam com investimentos externos e com a tecnologia como base de suas operações para crescer e se desenvolver.

Características de uma startup

Cinco fatores são características essenciais de uma startup. São eles:

  • Identificação da dor do público;
  • Modelo de negócios inovador;
  • Repetível e escalável;
  • Capacidade de atuar em um cenário de incertezas;
  • Time formado por pessoas de diferentes habilidades.

De forma resumida, uma startup é um modelo de negócios inovador, inteligente, repetível e escalável que opera em um cenário de incertezas e riscos mediante a percepção das dores dos consumidores.

Diferença entre uma empresa e uma startup

Toda startup é uma empresa, mas nem toda empresa é uma startup. A diferença principal é que as startups vão com tudo para crescer, aceitando correr riscos e captando investimentos externos para acelerar ainda mais o crescimento.

As empresas apresentam uma pretensão de crescimento mais modesta. Elas são guiadas pelas imagens de rentabilidade e valor estável a longo prazo. Já as startups estão focadas nas receitas para seu financiamento e no potencial de crescimento.

Até mesmo as grandes empresas mais tradicionais têm diferenças em relação às startups. A cultura organizacional dos grandes empreendimentos é mais voltada para melhorar, mas sem revolucionar a longo prazo. A cultura das startups, por sua vez, é ligada à disrupção e à inovação.

Exemplos de startups

Diversos segmentos do mercado já foram transformados por negócios inteligentes, desde serviços financeiros até atividades rotineiras, como o pedido de delivery e reserva de ônibus. Conheça agora algumas das principais startups:

  • 99;
  • Buser;
  • Creditas;
  • Descomplica;
  • Gympass;
  • iFood;
  • Loggi;
  • Nubank;
  • Quinto Andar;
  • Resultados Digitais.

IFood é um exemplo de empresa startup de delivery

iFood é um exemplo de empresa startup de delivery. | Foto: Freepik/stockking.

Tipos de startups

Como a definição do termo startup é bem ampla, existem vários tipos que podem ser classificados em:

B2B – Business to Business

Em português, negócios para negócios. São aquelas que prestam serviços para outras empresas e não necessariamente para consumidores finais.

B2C – Business to Consumer

Em português, negócios para consumidores. São aquelas que vendem produtos ou oferecem serviços diretamente para o consumidor final.

B2B2C – Business to Business to Consumer

Em português, negócios para empresas para consumidores. São os casos em que uma empresa estabelece algum vínculo com outra visando atender um consumidor final.

Como criar uma startup

Separamos 5 passos básicos que são fundamentais para criar uma startup. Confira a seguir:

diferentes profissionais trabalham dentro de startups

Diferentes profissionais trabalham dentro de startups. | Foto: Freepik/drobotdean.

1. Validação

A primeira etapa é a de validação dos negócios. Para auxiliar nesse projeto, usamos o quadro de visão de produto. Ele captura a visão e a estratégia macro do produto ou serviço da startup. Depois de criar a visão, o empreendedor deve ir para a rua validar as hipóteses levantadas.

2. Definição do Modelo de Negócios

O próximo passo é definir o modelo de negócios. No entanto, isso deve ser feito somente depois de ter escutado seus possíveis clientes e validado as hipóteses iniciais.

3. Validação da solução

Agora é hora de validar a solução proposta. No início, o recomendado é oferecer sua solução fazendo de forma manual aquilo que o seu site ou aplicativo faria de forma automática. É preciso colocar sua solução no mercado, mesmo que ela não esteja totalmente pronta.

Nesta etapa, o fator principal é pensar em como sua solução pode ser oferecida. Além disso, é importante que você já comece a monetizar.

4. Definição do público-alvo e personas

Outro ponto relevante é conhecer seus clientes e entender o perfil, as necessidades e expectativas deles. Para isso, você deve descobrir novas funcionalidades ou descartar as que não interessam aos seus consumidores.

5. Construção do MVP

Nesta fase, você já deve ter aprendido muito sobre seu negócio através das validações. Então, é possível criar um MVP (Mínimo Produto Viável) que faça sentido para os usuários finais. Depois dos passos anteriores, você conseguirá construir um MVP eficiente e útil.

Como usar o marketing para sua startup

Existe uma série de ações de marketing que podem ser adotadas pelas startups. Confira abaixo quais são:

  • Produzir conteúdo interessante;
  • Diversificar seus conteúdos;
  • Criar a sua persona;
  • Fazer seu e-mail ser encontrado;
  • Usar o e-mail marketing;
  • Usar as diferentes redes sociais;
  • Fazer testes para chegar a conclusões melhores;
  • Medir resultados constantemente.

Se você quer saber mais sobre Marketing Digital, a Escola do Marketing Digital pode te ajudar. A empresa oferece cursos de marketing digital para diferentes níveis de conhecimento. Seja para sua startup ou uma grande empresa tradicional, os cursos on-line da Escola do Marketing Digital podem te capacitar bastante. Clique aqui e saiba mais!

 

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Autor