O que são haters na internet e como lidar com eles

Saiba o que é haters na internet e como lidar com eles | Foto: Andre Hunter/Unsplash

Os ambientes digitais, como as redes sociais, são espaços amplos e que possibilitam com que as pessoas se expressem com muita liberdade. Isso é benéfico de diversas maneiras, pois permite uma variedade na produção de conteúdo, a difusão de valores e discursos que ajudam a popularização de assuntos que podem gerar resultados na vida fora da web. Porém, atrelados a essas possibilidades, existem figuras como os haters nas redes sociais. Para entender o que é haters e como lidar com haters, é preciso compreender quais as suas motivações e como eles se manifestam na web.

O que são os haters na internet? 

Os “haters” (em português, “odiadores”) são pessoas que realizam comentários, interações e ações críticas de modo não construtivo, apenas para desmotivar e atingir outro usuário. Eles são preparados para ridicularizar alguém ou algum tipo de conteúdo, e usam de comentários, direct messages e recursos dentro da web para propagar críticas ofensivas. 

Por que existem haters? 

Fugir dos odiadores nas redes sociais não é uma tarefa fácil, assim como eliminá-los. Haters são usuários como quaisquer outros, mas se diferenciam apenas pelo discurso desmerecedor. Eles se aproveitam da liberdade e, muitas vezes, da capacidade de permanecer anônimo por trás da tela para proferir comentários sem imaginar o impacto que eles terão no outro – ou não se importando com isso. 

Por outro lado, muitos deles são trolls, ou seja, usuários robôs que são criados apenas para publicar comentários de haters pela web. Pela facilidade com que surgem e pela dificuldade em barrar a presença dos haters nesses ambientes, eles continuam existindo e precisam ser driblados sem que recebam a atenção e o impulsionamento que buscam.

Como lidar com haters? 

No caso de um perfil pessoal, uma forma de como lidar com haters em redes sociais é buscar se conectar apenas com pessoas próximas, como amigos, familiares ou seus conhecidos. Privar o perfil também evita a exposição do seu conteúdo para usuários fora do seu círculo social. 

Porém, muitas vezes, as redes sociais são uma ferramenta de trabalho, uma forma de divulgar uma marca própria, ou um espaço que o usuário escolhe deixar público por opção. Nesse caso, algumas dicas podem ajudar na hora de lidar com os haters na internet, sem que isso se torne um peso para sua saúde mental ou afete sua liberdade na plataforma. Elas são:

1- Analise e reflita sobre o comentário antes de levá-lo para si 

Comentários de haters podem causar um impacto emocional por seu teor grosseiro e muitas vezes preconceituoso. Mas antes de tomá-lo como uma verdade, analise: essa é uma crítica embasada, com propósito? Ela faz sentido para mim? Se ela vier de um hater, provavelmente a resposta será não para ambas as questões. 

Críticas negativas, mas feitas de forma educada e construtiva, são indispensáveis para a evolução de um negócio e devem ser analisadas com cautela, sem excluir o comentário ou ignorar o cliente. Entretanto, haters não produzem visões construtivas, apenas destrutivas: com esse tipo de ataque, as medidas são outras. 

Nesse caso, não dê combustível para que eles obtenham a fama desejada. Silencie, não responda ou exclua o comentário. Reagir por impulso e responder o comentário de um hater de volta só contribui para dar mais palco ao ódio que o usuário dissemina na web. Ignorar, nesse caso, é a escolha ideal.

2- Crie planos 

Seja um perfil pessoal, apenas com conteúdos próprios, ou um perfil comercial, usado como trabalho e parte de uma estratégia de marketing, ter um plano preparado para saber como lidar com haters caso eles se manifestem no perfil é uma boa medida. 

Para contas profissionais, isso pode se tornar uma espécie de plano de gestão, sendo melhor estruturado e padronizado. Um meio padrão para lidar com comentários negativos ajuda a manter a linha de comunicação e o tom da marca. Por meio de um curso de marketing digital, por exemplo, é possível conseguir uma visão ampla, de iniciante a avançada, sobre as estratégias mais adequadas e formas de conter eventuais crises causadas por um fluxo alto de haters.

No caso de um perfil pessoal, se preparar mentalmente e pensar em regras próprias para caso passe por esse tipo de ataque pode colaborar para que isso não te afete tão intensamente se acontecer.

3- Reporte, caso seja necessário 

Saber o que é haters na internet já ajuda na hora de identificar o tipo de comentário que partiu de um deles. Caso o discurso propagado nos comentários seja de ódio, ou se caracterize como um preconceito tal como racismo, homofobia e misoginia, bloqueie, reporte o perfil e denuncie. As autoridades podem ajudar a resolver esse tipo de manifestação, que viola as diretrizes de uso da própria plataforma digital.

4- Tenha a consciência de que eles existem 

Após entender o que é haters e como atuam os haters na internet, por mais que você se prepare e consiga administrar a situação, não é possível controlar quando um deles irá atacar sua conta ou a de outra pessoa de forma desnecessária outra vez. Nesse contexto, tenha como lema “haters gonna hate” – ou seja, “odiadores vão odiar”. Tornar uma ideia, um valor ou uma imagem em algo público, abre espaço para motivações negativas, como comentários de haters. O importante é lembrar que eles existem nessas plataformas, mas que você não precisa se preocupar com o que eles dizem. Eles não levam seu negócio para frente, e também não serão empecilho para o seu sucesso.

 

 

 

Referências: 

https://canaltech.com.br/comportamento/guia-basico-de-como-se-livrar-dos-haters-na-internet/

https://blog.jovempan.com.br/mulheresdapan/quem-sao-os-haters-e-como-lidar-com-eles/

https://www.futura.org.br/trilhas/odio-online-por-que-existem-tantos-trolls-e-haters/

https://www.aceleralab.com.br/post/como-lidar-com-haters-nas-redes-sociais-e-no-laboratorio

 

 

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Autor