Guia completo para maximizar os efeitos dos seus anúncios

Os anúncios tem o objetivo de promover ideias, serviços ou produtos para um certo público. | Foto: Pixabay

Uma das ferramentas mais utilizadas no marketing digital para a conversão de clientes são os anúncios pagos. É uma maneira mais rápida de conseguir maior engajamento e aumentar o número de vendas de um produto ou serviço para um determinado público. 

No entanto, é comum algumas pessoas ficarem frustradas com os retornos obtidos e, assim, não conseguirem identificar os erros que podem ter sido cometidos nas estratégias de divulgação. Portanto, descubra tudo o que você precisa saber para melhorar a otimização dos resultados e as vendas do seu produto – com o anúncio. 

O que é um anúncio?  

Em síntese, o termo anúncio é tudo o que se comunica por palavras ou sinais. É frequentemente utilizado na área de publicidade. Por outro lado, o verbo “anunciar” possui outro significado. Nesse sentido, é utilizado para situações em que uma pessoa quer levar notícias ou informações para alguém.

Logo, o anúncio publicitário é um gênero textual com o objetivo de promover a marca, produto, serviço ou uma ideia para o público. Para isso, possui linguagem persuasiva, pois é fundamental convencer o usuário a realizar uma ação em favor da empresa, ou seja, a compra de um produto ou contratação de um serviço.

Os exemplos de anúncios publicitários estão espalhados por todos os lugares. É possível encontrar em vídeos on-line, aplicativos, faixas, cartazes, jornais, outdoors, revistas, panfletos, rádio e televisão. Além disso, independente do local, eles conseguem impactar o público de alguma maneira.

Entre seus objetivos, o principal é chamar atenção do consumidor e, assim, incentivar a compra de um produto, ideia ou serviço. Por isso, são utilizados diversos mecanismos para isso acontecer, como: elementos, recursos e linguagem.

Em outras palavras, o anúncio trabalha com as funções apelativas e conativas dos usuários. Nesse sentido, é fundamental que seja objetivo e criativo para conseguir atrair o público-alvo ao produto. Por isso, é importante saber para quem o seu anúncio está sendo destinado.

Logo, existem algumas categorias de campanha, por exemplo, comerciais (venda de serviços e produto), culturais (divulgação de shows, espetáculos e peças teatrais), institucionais (promover mensagens de cunho cultural, social ou cívico), políticas (divulgar ideias ou agentes políticos) e religiosos (causas ou ideias relacionadas ao tema).

Além disso, há outros modelos de anúncio, cada um voltado para o seu público-alvo. De modo que podem ser separados em dois grupos:

  • Hard Hell (varejo) – anúncio voltado para produtos de baixo valor, portanto, possuem poucos diferenciais competitivos, mas enormes quantidades. Por isso, a finalidade é ter foco agressivo nas vendas.
  • Soft Sell (marca) – anúncio voltado para a marca, tem uma função mais emocional e consultiva. De modo que consegue identificar as necessidades do público e conduzir naturalmente para a compra.

Como identificar um bom anúncio? 

Embora o anúncio não tenha um padrão, pois depende do meio em que está sendo veiculado e também varia entre cada produto, é possível seguir algumas características para identificar um bom anúncio. Entre elas estão: linguagem atrativa, persuasiva, criativa, objetiva e conforme o público-alvo; caráter comercial; textos com palavras e imagens; uso de figuras e vícios de linguagem; utilização de verbos no modo imperativo. Tudo para vender e atrair o máximo de pessoas ao produto. 

Como também o anúncio costuma ter estrutura semelhante. Em primeiro lugar, o título é um dos elementos mais importantes, pois geralmente é o que chama a atenção do público. Por isso, deve ser inteligente, criativo e produzido com o objetivo de despertar o interesse das pessoas para algum produto, ideia ou serviço. Além disso, costuma ser escrito com letras grandes acompanhadas de pontos de exclamação ou interrogação.

Outro componente é a imagem, ou seja, o conteúdo que ilustra o que a companhia deseja vender. Assim, quanto mais criativa e inusitada, mais próximo do objetivo. Desse modo, os vídeos ou fotografias devem prender a atenção do leitor. No entanto, não são obrigatórios no anúncio publicitário, mas são excelentes para vender um produto. 

Em seguida, está o corpo de texto –  o lugar onde a ideia sugerida no título ganha vida. Nesse sentido, é essencial desenvolver de maneira correta para que o conteúdo atraia as pessoas. Portanto, a linguagem utilizada deve ser clara, objetiva, persuasiva e adequada ao público-alvo.

Por fim, todo bom anúncio possui uma identidade visual, ou seja, a assinatura da empresa anunciante. Logo, é a oportunidade de explorar cores, inserir slogans, tipografias e oferecer opções para contato. Além disso, para conseguir maior engajamento, devem possuir diferenciais em relação aos seus concorrentes.

Passo a passo para montar um anúncio otimizado 

Primeiramente, para a criação de uma campanha otimizada, é necessário escolher um gerenciador de anúncio, ou seja, a plataforma de tráfego pago que pode ser encontrada nas principais redes sociais. Logo depois, é essencial a definição da finalidade do projeto, pois uma das primeiras etapas será colocar os objetivos de marketing. Por isso, decida se você quer gerar engajamento, reconhecimento ou conversão de novos clientes.

Em seguida, chegou a hora de escolher um público-alvo. Nesse sentido, você pode selecionar um público já existente ou começar do zero. Além disso, é possível personalizar o envolvimento dos usuários, selecionando os consumidores que já interagiram com o perfil de alguma maneira.

Enfim, é hora de organizar o orçamento. Portanto, nessa etapa, é necessário pensar nos gastos que terá com a campanha. Logo, escolha se é melhor para a empresa um orçamento vitalício ou diário, também limite o valor máximo. Também é importante definir a data de início e término do anúncio. Assim, com essas etapas concluídas, a sua campanha está pronta para ser veiculada.

Gerenciadores de anúncios 

O gerenciador de anúncios é o ponto inicial para a veiculação de uma campanha nas principais redes sociais. É uma excelente ferramenta, pois é completa para criação, gerenciamento e acompanhamento do desenvolvimento do anúncio. Nesse sentido, existe uma variedade desse sistema, por exemplo, gerenciador de anúncios Facebook, Instagram, Audience Network e Messenger.

Dessa forma, com esse aplicativo, você consegue explorar diversos recursos e desenvolver uma biblioteca de anúncios, que pode auxiliar nos resultados da campanha de algum produto ou serviço. Entre as funcionalidades estão: criação de anúncio, escolha do público, gerenciamento do orçamento, veiculação em diferentes aplicativos, aprimoramento do desempenho, resultados em tempo real e realização de testes para verificar qual anúncio funciona melhor.

O gerenciamento de anúncios, realizado de maneira correta, pode ajudar a trazer melhores resultados para a empresa e para o seu produto. Além disso, pode ampliar seu público consumidor. | Foto: Pixabay

Os anúncios publicitários são essenciais no marketing digital. Afinal, ajudam a desenvolver objetividade, criatividade e diversas competências. Como também aumentam o engajamento da marca com o público e trazem diversos resultados positivos para a empresa e produto. Por isso, o planejamento e a elaboração devem ser realizados de maneira correta para que as metas do produto sejam atingidas.

 

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Autor