Evite abusar das hashtags, entenda porque isso é um problema e aprenda a usar de forma correta

O que é hashtag? Saiba mais sobre as hashtags mais usadas. | Foto: Unsplash.

O surgimento da internet foi algo que, com certeza, revolucionou o mundo em que vivemos. Presenciamos a digitalização desenfreada que o mundo sofre todos os dias, e palavras que antes eram incógnitas para nós, tornaram-se parte de nosso vocabulário diário, como as famosas hashtags

A internet passou de sites de buscas para as redes sociais, com o intuito de conectar as pessoas, independentemente da distância que estiverem. Algo que era apenas para lazer e descontração, virou também uma ferramenta de trabalho, com a chegada dos influencers digitais. 

Dividir o seu dia, seus gostos e opiniões com o público, virou algo muito vantajoso e usar as ferramentas das redes sociais ao seu favor, facilita muito o trabalho. Daí veio o “boom” na popularidade das hashtags nas redes sociais.

Antes usadas nas legendas de fotos para ser algo engraçado, hoje são ferramentas importantíssimas dentro das redes, usadas até mesmo para fazer propagandas (quem nunca viu algo com “#publi” na descrição?).

Veja, aqui, tudo sobre as hashtags e como usá-las da forma mais eficiente possível.

O que são as hashtags? (H2)

Mesmo que você não saiba ainda o que são hashtags, se você já usou alguma rede social, deve ter visto algo como “#publi” ou até mesmo uma frase escrita assim: #bomdia.  Falando de forma crua, a hashtag é o símbolo da cerquilha (também chamado como “jogo da velha”, por algumas pessoas): “#”. 

Ela é, basicamente, um termo, ou um caractere, que serve para ser colocado junto de assuntos e discussões veiculados na internet. Quando se coloca a hashtags na frente de uma palavra ou frase, forma-se um hiperlink. 

Ao clicar no hiperlink, é possível visualizar várias outras postagens dentro da rede social, com a mesma hashtag, independente, se você segue as pessoas ou não. Se uma pessoa na China postou algo com as mesmas hashtags que alguém aqui do Brasil usou, as duas postagens estarão dentro dos mesmos hiperlinks.

Ao selecionar uma palavra chave a um conteúdo específico, ele é adicionado, de forma automática, a um grupo de pesquisa que esteja relacionado a aquele tópico. Portanto, essa é uma maneira bem mais fácil e prática de agrupar os mais diversos conteúdos sobre o mesmo tema, facilitando a pesquisa sobre o mesmo tópico. Dessa forma, você consegue acompanhar o que as pessoas estão falando sobre algo, com que frequência e o que cada uma postou de forma individual.

Por exemplo, se você for na aba de busca de uma rede social e digitar “#gatos”, todas as publicações que tiverem essas hashtags vão aparecer para você. Assim, fica muito mais fácil ver o que as pessoas pensam e postam sobre gatos. Quanto mais específico for, mais fácil vai ser de achar o que procura.

Porém, todos esses benefícios das hashtags podem se virar contra você. Portanto, é necessário que, ao postar algo com as hashtags, tenha muita atenção. Veja, a seguir, as inconveniências que o excesso de hashtags pode causar no engajamento de um post.

Qual a inconveniência do excesso de hashtags? (H2)

Ao pensar nas hashtags, lembramos sempre do lado bom, afinal, com elas, você consegue chegar até o seu público-alvo de forma muito mais prática, além de sempre te manter relevante dentro do algoritmo. Mas, tudo precisa ser feito de forma moderada. 

Por mais empolgante que seja a ideia de colocar várias hashtags em uma só postagem, é necessário ter um limite. A plataforma Instagram já conseguiu instituir um limite automático de hashtags por publicação. Você pode adicionar até trinta hashtags nas legendas de postagens que vão para o feed ou em um comentário e, quando vamos para a ferramenta dos Stories, é possível adicionar apenas dez hashtags por publicação.

Caso você não se atente a isso e coloque mais hashtags que o máximo permitido, seu “post” (como são chamadas as publicações) não será carregado no feed, porque  a plataforma impede que postagens, que ultrapassem esses limites, sejam postadas, então se atente ao número, evitando com que essa publicação afete sua conta de forma negativa.

Lembre-se sempre de não exagerar no número de hashtags, já que é algo que vem sendo observado cada vez mais pela plataforma e pode, até mesmo, virar um motivo de punição feita pelo algoritmo do aplicativo. Apesar de ser possível colocar até trinta hashtags em posts para o feed e dez em Stories, é aconselhável manter-se com a média de cinco hashtags por postagem.

Além disso, as hashtags com muitas palavras chegam a ser “específicas demais” e são pouco utilizadas dentro das redes sociais, então elas mais atrapalham o engajamento do que ajudam. Sempre que der, evite. 

Outra coisa que deve ser evitada, é colocar uma hashtag para cada palavra da frase, porque ela perde o sentido da publicação e fica sem contexto. Busque sempre por palavras-chave que sejam curtas mas objetivas, definindo bem sobre o que é a postagem.

Além de todas essas técnicas “proibidas” pelo algoritmo, existe uma última que deve ser comentada. Sempre que for postar algo no feed, as hashtags devem estar nas legendas. Essa é uma técnica que afeta muito na hora de ajudar o seu post e ter um maior engajamento.

Por mais organizado que pareça colocar as hashtags em um comentário, elas só vão ser “detectadas” pelo algoritmo e aparecer dentro da ferramenta de busca, se estiverem na legenda da publicação.

Como evitar o shadowban nas redes sociais. | Foto: Unsplash.

Como evitar o shadowban? 

Você já ouviu falar do shadowban? Ele é um tipo de “castigo” que a rede social aplica a você, diminuindo de forma significativa seu alcance na plataforma e engajamento.

Você pode ser castigado por diversos motivos, sendo um deles, além do uso exagerado de hashtags, a falta de moderação na interação. Sair curtindo posts de uma conta, pode dar a entender que você é um “bot”. A mesma lógica serve para quando você dá muitos “unfollows” de uma só vez.

Um ponto muito importante a se atentar é sempre postar coisas que estejam de acordo com as diretrizes da rede, evitando denúncias. A melhor maneira de evitar o shadowban é estar sempre por dentro das atualizações da rede.

Use todos esses conhecimentos sobre as hashtags para melhorar seu engajamento nas redes sociais. Quer ver mais conteúdos sobre mídias sociais? Visite a página da Escola do Marketing Digital!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Autor