Conheça mais sobre o planejamento estratégico e como ele auxilia na sua empresa

O planejamento estratégico não é exclusividade de grandes empresas, pode ser utilizado por pequenos empreendedores. Saiba mais sobre a estratégia a seguir. | Foto: Pixabay.

O planejamento estratégico para pequenas empresas é essencial para o sucesso do negócio. No entanto, é comum alguns empreendedores não darem a devida importância, pois acreditam que essa estratégia seja apenas para grandes empresas ou devido ao fato de não estarem nas prioridades do dia a dia da companhia. 

Logo, esse pensamento está errado, pois esse processo pode facilitar o crescimento da marca. Por isso, entenda a importância dessa estratégia na rotina da instituição.

O que é um planejamento estratégico para empresas? 

O planejamento estratégico é um conjunto de ações que tem a finalidade implementar, criar e avaliar o resultado do negócio, isto é, avalia as decisões da empresa realizando o diagnóstico, a análise e o monitoramento.

Desse modo, a estratégia é fundamental na indicação de performance e, assim, por meio do acompanhamento de resultados, consegue definir quais ações devem ser alteradas e quais devem ser mantidas. Além disso, são consideradas as ameaças e oportunidades que a companhia enfrenta. Nesse sentido, é possível ter uma visão do futuro do negócio e, consequentemente, analisar onde e como a empresa pretende atingir as metas.

Por outro lado, é importante saber que o planejamento estratégico não é um plano fixo, ou seja, ele pode sofrer mudanças. Afinal, é necessário acompanhamento, planejamento e estratégia para que as alterações sejam feitas conforme o desenvolvimento das ações.

Além do mais, é um processo que pode ser desenvolvido na cultura de qualquer organização. De modo que todas as empresas possuem um objetivo, logo, todas devem ter um planejamento estratégico.

Entre os benefícios da realização dessa estratégia, podemos destacar: criação da própria identidade, mais oportunidades de construir um negócio de sucesso, traçar metas e objetivos, noção dos riscos e êxito nas conquistas.

Quais as estratégias de elaboração de um planejamento estratégico? 

Evitar distrações e envolver todos os colaboradores 

O planejamento estratégico, principalmente para pequenas empresas, pode ser deixado de lado devido às preocupações do dia a dia. Portanto, para garantir que essa estratégia de negócio receba atenção, é essencial a realização sem interrupções. Desse modo, o recomendado é que esse processo seja feito em ambientes tranquilos para que o foco seja na elaboração do projeto.

Em contrapartida, caso você não consiga sair do escritório ou reservar um ambiente mais calmo, tente realizar esse método em horários com menor fluxo de pessoas na empresa. Assim, é mais difícil perder a concentração.

Além disso, é ideal envolver todos os colaboradores para que o planejamento estratégico fique mais forte. De forma que você terá acesso a diferentes pontos de vista e, consequentemente, resultará em maior apoio na execução dessa estratégia.

Por isso, incentive a discussão e garanta que todas as pessoas estejam envolvidas. Também realize reuniões durante o período de criação, analise as melhores abordagens e não esqueça de que o contato direto com o cliente deve ser realizado apenas por membros importantes da equipe.

Saiba quem você é e entenda a situação atual da empresa 

Em primeiro lugar, a missão, a visão e os valores da companhia devem direcionar o seu planejamento estratégico. Portanto, se você ainda não sabe quais são esses aspectos da empresa, é necessário elaborar alguns pontos com clareza, como: motivo da existência da empresa, pelo que quer ser reconhecida, as principais crenças e princípios orientadores.

  • Missão – detalhamento da razão de ser empresa;
  • Visão – a direção desejada;
  • Valores – Princípios que guiam a vida da organização.

 

É importante entender também o seu ponto de partida, para saber onde você quer chegar com o seu negócio. Nesse sentido, uma análise sobre os pontos fracos, fortes, oportunidades e ameaças é uma ótima opção para esclarecer a situação atual e os fatores internos e externos.

Defina metas de longo e curto prazo 

É necessária a criação de mais de uma estratégia para a definição de objetivos de longo e curto prazo. De modo que essas metas possam estar relacionadas, por exemplo, a lançar novos produtos e serviços, adquirir novos clientes, expandir o mercado, aumentar a lucratividade e visibilidade do negócio.

Os objetivos devem ser ambiciosos o suficiente para serem inspiradores, mas não impossíveis. Logo, uma técnica simples é a elaboração de listas de metas com objetivos que sejam mensuráveis, específicos, atingíveis, temporais e relevantes.

Crie um plano para atingir os objetivos e concentre na execução 

Após a definição dos objetivos, descreve a tática e a estratégia que serão usadas para alcançá-los. Além disso, é importante identificar os recursos que serão necessários para implementação desse processo no seu negócio, por exemplo, equipe, instalações, fornecedores, equipamentos, estoque, entre outros. Como também realizar um levantamento dos custos e, consequentemente, do impacto nas receitas.

O plano elaborado de maneira incorreta acaba sendo arquivado, o que é ruim para a sua empresa. Por isso, para evitar problemas na condução do planejamento estratégico, o processo deve incluir um plano de ação com responsabilidades, tarefas e cronogramas específicos.

Mantenha o plano flexível e acompanhe o desempenho 

O ideal é sempre estar atento às mudanças do mercado. Dessa maneira, uma das principais vantagens que uma pequena empresa tem em relação às grandes concorrentes é a agilidade. Portanto, esteja sempre preparado para ajustar sua estratégia e, assim, buscar novas oportunidades para o seu negócio. No entanto, essas alterações no planejamento devem estar alinhadas com os objetivos de longo prazo.

Além disso, é importante o acompanhamento dos indicadores de desempenho, conhecidos como KPIs (Key Performance Indicators). Por meio desses resultados, verifique se o planejamento e a estratégia utilizada estão sendo eficientes para o seu negócio.

Como funciona o planejamento estratégico?

O planejamento estratégico funciona como um método que serve para toda a organização. Desse modo, exige esforço contínuo para que as tarefas sejam realizadas da maneira correta. Logo, é necessário o trabalho em conjunto e a colaboração para que os objetivos sejam atingidos.

É comum alguns colaboradores pensarem que essa estratégia é benéfica apenas para os CEOs das empresas. No entanto, quando não realizada, o sucesso do negócio fica ameaçado e podem ser necessárias demissões.

Além disso, em um planejamento estratégico bem elaborado, alguns requisitos são necessários, por exemplo, leitura compartilhada da organização e do ambiente, vantagem competitiva, estratégia com iniciativas concretas, integração com todos os colaboradores, visão de negócio futuro e monitoramento do percurso.

A estratégia de listar os objetivos pode ser fundamental para o sucesso do negócio. | Foto: Pixabay.

Independentemente do tamanho da companhia, o planejamento estratégico para pequenas empresas pode oferecer suporte nas decisões e, assim, manter a marca no caminho certo para o alcance dos objetivos. Desse modo, com essa estratégia, pode garantir o sucesso do negócio e funcionamento conforme a missão, a visão e os valores da instituição.

 

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Autor