Conheça mais sobre Benchmarks com a Escola de Marketing Digital

Benchmarking no marketing digital: fazer benchmarking é uma excelente forma de se destacar dos concorrentes. | Foto: Freepik/stories.

Fazer comparações é necessário em qualquer setor e em qualquer empresa, independente do porte. Pode ser que essa afirmação pareça irrealista para você, mas saiba que essa é a verdade. Marcas em todo o mundo estão sujeitas a comparar ou serem comparadas, isto é, uma hora ou hora elas serão ou terão benchmarks. Afinal, benchmarking é uma excelente estratégia de marketing para todas as empresas.

Quer descobrir o que é benchmark, aprender mais sobre benchmarking no marketing digital e como essa estratégia de marketing é usada nas empresas? Continue a leitura!

O que é benchmark? 

Benchmarking consiste em uma estratégia de marketing utilizada por pequenas, médias e grandes empresas para desvendar os segredos das empresas concorrentes e conquistar o mercado. Traduzindo, benchmarking é uma técnica aplicada tanto no marketing digital, quanto no tradicional, que se resume em estudar a concorrência para perceber seus erros e acertos a fim de utilizá-los como aprendizado.

Ou seja, quando empresas fazem benchmarking no marketing digital, significa que elas estão estudando outras empresas do mesmo setor para analisar seus produtos, serviços e estratégias que deram certo, ou não. Sendo assim, benchmarks no marketing digital referem-se às companhias que são tomadas como referências por essas empresas.

Imagine a seguinte situação: você tem uma loja de roupas no Instagram e percebe que precisa aumentar sua quantidade de seguidores, assim como o engajamento daqueles que já te seguem. No mesmo setor que você, atua uma loja com milhares de seguidores engajados. O que você faz? Isso mesmo, estuda os processos dessa concorrente e descobre quais são suas táticas para conseguir seguidores fiéis. Ou seja, faz benchmarking e transforma a concorrente em benchmark.

Para que serve o benchmark? 

É muito comum pensar que benchmarking consiste em copiar o concorrente. Essa é uma ideia errada, mas é recorrente, principalmente para pessoas que ainda não entendem muito bem o benchmarking.

Entretanto, benchmarking no marketing digital tem muito mais a ver com inspiração do que cópia. Quando você estuda uma empresa para descobrir como ela chegou ao ponto que você quer chegar ou conseguiu um feito que é uma meta profissional sua, o objetivo desta análise é se inspirar nas estratégias adotadas por ela e adaptá-las ao seu negócio.

Ao fazer um benchmarking no marketing digital, é preciso considerar que empresas, mesmo que do mesmo ramo, possuem muitas diferenças, por isso que nem tudo que serve para o concorrente serve para você, existem casos e casos. É muito importante ter consciência disso ao utilizar o benchmarking em sua estratégia de marketing digital.

Voltando ao exemplo da loja de roupas, vamos supor que aquela concorrente com clientes fiéis utiliza como estratégia de marketing digital fazer sorteios de peças caras. Existem inúmeros motivos pelos quais essa exata estratégia de marketing digital pode não funcionar para você, um deles é o seu orçamento reservado para o marketing.

Pode ser que a sua loja não seja grande o suficiente para bancar um item caro do seu estoque como um brinde de sorteio. Mas isso não quer dizer que você não pode se inspirar na ideia de marketing da concorrente. Uma saída seria fechar parcerias com lojas de outros segmentos, para que elas possam te ajudar a bancar o prêmio, em troca de um pouco de visibilidade.

O benchmarking no marketing digital só é um excelente benchmarking quando você consegue aproveitar as informações adquiridas com ele. Quando um benchmarking é feito e ao invés de adaptar os aprendizados para o seu negócio você os copia sem ao menos considerar seu posicionamento, esse benchmarking não passa de um desperdício de tempo e dinheiro.

Como fazer benchmarking? 

Sendo assim, é importante que você saiba como fazer benchmarking, etapa por etapa. E, como estamos aqui para te ajudar a entender o mundo do marketing digital, vamos te explicar tudo o que você precisa saber sobre fazer um benchmarking.

Então, veja, a seguir, o passo a passo para um benchmarking de dar inveja em qualquer estrategista de marketing digital:

1. Escolha as empresas que serão analisadas em seu benchmarking 

O primeiro passo para turbinar seu marketing digital com o benchmarking é escolher as empresas que farão parte da sua análise. Normalmente, um benchmarking se concentra em empresas que atuam no mesmo setor que a sua. Mas nada te impede de pegar também empresas de outros segmentos para conseguir uma visão mais ampla, além da sua área de atuação. 

O ideal é selecionar de uma a três empresas concorrentes para o benchmarking. Escolha com cuidado, selecione empresas que realmente te inspirem ou, até mesmo, te preocupem do ponto de vista competitivo.

2. Decida o que será analisado no benchmarking 

Uma vez escolhidas as empresas que serão analisadas, o próximo passo do benchmarking é decidir o que será analisado nessas empresas.

Mesmo fazendo um benchmarking voltado para o marketing, as opções de critérios continuam sendo muitas. O marketing digital é uma área extremamente ampla, por isso existem diversos fatores nos quais você pode basear seu benchmarking. Veja alguns deles:

  • Engajamento nas redes sociais das empresas;
  • Qualidade do conteúdo postado nas mídias das empresas;
  • Estratégias de marketing digital das empresas que podem ser interessantes para o seu negócio;
  • Linguagem utilizada pelas empresas;
  • Posição das empresas nos buscadores.

3. Colete os dados para o benchmarking 

Depois de decidir os critérios, o próximo passo do benchmarking é coletar os dados das empresas levando em conta esses fatores.

A forma como você coletará os dados dessas empresas vai depender de quais critérios foram escolhidos. Mas, no geral, essa etapa do benchmarking não costuma ser tão complicada quanto parece.

4. Analise os dados coletados no benchmarking 

Após coletar os dados, é hora de reuní-los, analisá-los e compará-los. É nesta etapa que você descobre o que essas empresas têm que ainda falta no seu negócio.

5. Repense sua estratégia de marketing digital com base nos resultados 

O último passo não poderia ser outro. Afinal, de nada adianta fazer um benchmarking impecável se você não usar os resultados para sair na frente das empresas concorrentes.

Sendo assim, a última etapa do benchmarking é utilizar os resultados da análise para montar melhores estratégias de marketing digital para sua empresa ou remodelar estratégias de marketing que não estão funcionando como você esperava.

Por que fazer benchmarking? 

O benchmarking é essencial para conhecer as empresas concorrentes e criar estratégias de marketing realmente eficazes para sua empresa.

No marketing digital, o benchmarking aparece como uma excelente alternativa para se destacar em meio às diversas empresas que estão tentando promover seus produtos. Afinal, a internet é uma ótima vitrine, mas é preciso saber conseguir um bom lugar para poder aproveitá-la, esteja você no topo ou não.

Quando o benchmarking faz parte do seu planejamento de marketing digital, as chances de sua empresa sair na frente são muito maiores, visto que você se inspira nos erros e acertos da concorrência.

Por fim, o benchmarking é indispensável para empresas que querem fazer um marketing eficaz e deixar a concorrência comendo poeira. E agora que você já sabe o que são benchmarks e conhece as vantagens do benchmarking, é só aplicar a técnica na sua empresa e seguir seu caminho rumo ao sucesso. Aliás, se você gostou de aprender sobre benchmarking, continue acompanhando a Escola do Marketing Digital para mais conteúdos que ajudam sua empresa a se destacar no mundo on-line! 

 

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Autor