Conheça as principais características de newsletter e email marketing e os fatores que os diferem

Mailings: A newsletter é uma ferramenta importante para manter o relacionamento com o cliente. | Foto: Pixabay.

Apesar dos diferentes canais e maneiras de divulgação de conteúdo, o e-mail ainda é uma das estratégias mais utilizadas pelas empresas para comunicação com os clientes e elaboração de planejamentos para vendas. Desse modo, mesmo com novas tecnologias, a maioria das pessoas ainda checam a sua caixa de entrada. No entanto, alguns usuários ainda têm dúvidas a respeito da ferramenta, a mais famosa é sobre as diferenças entre newsletter e email marketing, portanto, entenda melhor cada um dos conceitos.

O que é newsletter? 

Em primeiro lugar, vamos entender o que é newsletter, logo, esse mecanismo é uma das variações do email marketing, a diferença está em ser uma opção mais periódica e informativa, assim, a finalidade é manter uma relação com o público, por exemplo, informações sobre as últimas notícias do blog. Desse modo, essas ações são essenciais para manter os leitores envolvidos e engajados com a marca, fundamental para o sucesso do negócio.

Além disso, a newsletter tem o objetivo de criar vínculos com o leitor, gerando confiabilidade e conhecimento dos serviços e produtos da empresa, portanto, abre caminho para a ação desejada, estabelecendo relacionamento com resultados de médio e longo prazo. Por isso, a ferramenta possui validade prolongada, pois mesmo sendo armazenada, continua sendo útil. No entanto, o visual não pode ser agressivo, caso contrário, pode causar cansaço e perda da identidade gráfica.

Em outras palavras, as newsletters são boletins informativos enviados por disparo de email para uma lista de contatos, assim, essa estratégia é muito utilizada por empresas privadas e veículos jornalísticos, as mensagens são divulgadas em grande quantidade e tem a finalidade de divulgar notícias ou serviços. Além disso, também podem ser utilizadas para fidelização e conversão de novos clientes através de conteúdos interessantes.

A principal característica dessa ferramenta é a necessidade do usuário realizar uma inscrição ou cadastro para ter acesso às publicações. Por isso, a maioria desses e-mails já possuem assuntos que o usuário demonstrou interesse.

O que é email marketing? 

O email marketing é a utilização da ferramenta para estimular o download de materiais, acesso ao site, compartilhamento de novidades e distribuição de conteúdo. Nesse sentido, o grande alcance, a privacidade, retorno imediato das ações e os baixos custos para implementação são algumas das vantagens que tornam esse mecanismo essencial para o marketing digital.

Essa estratégia é muito utilizada em campanhas com a finalidade de criar e manter relacionamentos com os consumidores, gerando maiores vendas e melhorando os resultados. Ao contrário do spam, o email marketing tem o objetivo de chegar até as pessoas interessadas por aquela informação, serviço ou produto, portanto, o ideal é enviar mensagens conforme o funil de vendas de cada cliente.

No entanto, um diferencial dessa ferramenta é a possibilidade das pessoas cancelarem as suas inscrições, o que demonstra respeito pelo público. Por isso, esse procedimento pode ser utilizado para a realização de uma pesquisa de opinião, por exemplo, onde é possível avaliar o que é certo e errado na campanha. Segundo estudo realizado pela empresa Radicati, em 2024, o número de usuários de e-mail deve passar dos 4,4 bilhões, assim, a quantidade de e-mails enviados pode ultrapassar os 361 bilhões.

Desse modo, é possível perceber a importância dessa estratégia para os negócios, tanto na fidelização quanto na conversão de novos clientes. Entre as principais vantagens da ferramenta, estão: troca de informação, redirecionamento de tráfego, mensagens personalizadas, maiores dados e informações, melhorias no orçamento, design simples, rastreamento, e-mails direcionados, melhorias constantes e aumento das receitas.

No entanto, algumas dicas são importantes para a realização do email marketing de maneira correta, por exemplo, utilização de todos os recursos a seu favor (combine textos, imagens e vídeos), surpreenda os seus clientes, capitalize suas oportunidades (seja importante nos momentos mais relevantes dos clientes, como aniversários, celebração de marcos pessoais, mensagens de saudação, entre outros), busque motivação nas campanhas, faça os consumidores se sentirem especiais e esteja sempre atualizado.

Além disso, dependendo da área de especialização, é importante o compartilhamento de conhecimento, ou seja, promova webinares, tutorial online e workshops. Nesse sentido, o email marketing pode ser dividido em etapas ou cursos completos, o ideal é sempre buscar conteúdos úteis e valorizados pelos usuários.

O que difere newsletter de email marketing?  

O principal objetivo da newsletter é construir um relacionamento com os leitores, porém o email marketing tem a finalidade vender serviços ou produtos. Desse modo, a newsletter é uma ferramenta que foca no relacionamento, enquanto o email marketing busca a persuasão. No entanto, embora ambos tenham propostas diferentes, a newsletter é um derivado do email marketing e ambos os conceitos são fundamentais para o marketing digital e sucesso das empresas.

Agora que você já sabe a diferença entre esses dois conceitos, está na hora de saber qual é o melhor para a sua marca. Nesse sentido, não existe uma contradição entre as duas, ou seja, ao adotar a newsletter você já está adotando uma estratégia de email marketing, portanto, a melhor estratégia é combinar diferentes estratégias de e-mail na divulgação dos conteúdos da empresa.

O seu negócio, por exemplo, pode ter newsletter para manter o relacionamento com os clientes, enquanto que o email marketing é utilizado para divulgação de campanhas com o objetivo de atrair novos consumidores para a companhia. Desse modo, o primeiro ajuda no pós-venda, mantendo o relacionamento com a sua base de clientes, enquanto o segundo fica responsável pela entrega de materiais interessantes para divulgação de serviços e produtos.

Agora que você já sabe as diferenças entre newsletter e email marketing, lembre-se de pesquisar e entender cada uma das estratégias antes de aplicar no seu negócio, como também é fundamental evitar erros comuns, como assuntos sem relevância e conteúdos excessivos. Desse modo, seguir essas dicas vai garantir bons resultados independente da estratégia escolhida, portanto, busque desenvolver habilidades e conhecimentos que possam te ajudar no marketing digital. Pois, como já sabemos, o marketing digital hoje é o principal meio para alcançar as pessoas que estão na rede e conseguir se conectar com elas. Essa conexão gera valor aos possíveis clientes, convertendo em vendas. 

 

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Autor