Como usar um teste de personalidade para saber qual tipo de cliente você tem

Saber lidar com personalidade forte ajuda a entender melhor as necessidades do cliente | Foto: Fauxels/Pexels

Em um ambiente de trabalho, se conhecer e conhecer as pessoas com quem você lida são dois elementos de grande importância. Isso ocorre pois, ao se conhecer, você descobre suas forças e fraquezas com mais precisão. E, pelo outro lado, conhecer os tipos de personalidade das pessoas que estão envolvidas no seu plano de trabalho melhora a relação interpessoal com elas. Nesse contexto, o teste de personalidade é um recurso muito útil para compreender o cliente de forma mais completa e melhorar estratégias de marketing.

Quando se trata do foco no cliente, isso não é diferente: conhecer os hábitos, comportamentos, posturas e preferências de um cliente faz parte do processo crucial de fornecer um atendimento ao cliente de qualidade, além de personalizado.

Ao obter um perfil do cliente, baseado nos 4 perfis comportamentais principais, é possível ter uma noção mais ampla de qual tipo de abordagem funciona melhor com ele, e quais seriam suas principais necessidades e interesses.

O que é teste de perfil comportamental? 

Um teste de personalidade, também chamado de teste de perfil comportamental, funciona como uma avaliação para identificar características individuais de uma pessoa. A partir das respostas dadas a uma espécie de questionário, é possível compreender qual seria a postura do indivíduo perante determinadas situações e agrupar essas posturas em perfis gerais, com características em comum. 

Assim, se uma pessoa pertence a um determinado perfil, ela possivelmente terá alguns padrões de comportamento que correspondem à personalidade geral de outras pessoas que tiveram respostas semelhantes no teste.

Os métodos usados para obter esses perfis por meio dos testes de personalidade são diversos. É possível submeter os clientes e grupos a uma entrevista comportamental, um teste online, uma dinâmica de grupo, uma simulação, entre outros. Basta escolher o meio mais prático para sua necessidade e disponibilidade, sem deixar de lado sua eficiência.

Quais são os 4 perfis comportamentais? 

Com os resultados de um teste de personalidade, a pessoa poderá se encaixar em algum dos quatro perfis de comportamento existentes:

1- Analista 

Uma pessoa que se encaixa no perfil analista é alguém com tendência a ser detalhista e meticuloso, além de muito organizado. Costuma lidar bem com rotinas e processos contínuos que requerem precisão. Ao mesmo tempo, analistas são críticos em relação ao próprio trabalho e ao dos outros, já que se atentam aos mínimos detalhes e estão sempre buscando maneiras de aperfeiçoar as atividades ao seu redor.  

2- Comunicador 

Comunicadores são carismáticos e possuem uma postura positiva em relação aos acontecimentos. Costumam ser persuasivos, alegres e possuem facilidade em criar laços com os outros, por serem abertos, receptivos e contagiantes com seus pontos de vista favoráveis. Por terem a personalidade pendendo para os quesitos sociabilização e flexibilidade, normalmente não são entusiastas de cronogramas, normas e outros meios de enquadramento de suas ações.

3- Executor 

Uma personalidade dominante é a que predomina no teste comportamental de um indivíduo com perfil executor. Ele possui boa aproximação aos obstáculos, pois sua autoconfiança costuma ser um traço de destaque. É capaz de manejar várias tarefas ao mesmo tempo, valoriza a liberdade de ação e possui facilidade em seguir metas, até que sejam alcançadas.

4- Planejador 

Por fim, a personalidade de um planejador é a de alguém que possui – ou busca possuir – tudo sob controle por meio de planejamentos. Sua capacidade de trabalhos em equipe tende a ser boa devido ao seu perfil colaborativo e engajado, e sua essência é de um líder, apesar de temer por acontecimentos que fujam de seu controle. Sua escuta ativa é bem exercitada, podendo ser um equilíbrio em situações de conflito, sem perder a calma. 

Cada perfil possui suas forças e fraquezas em um ambiente profissional e, no caso de um perfil de cliente, cada um possui particularidades e exigências diferentes. Compreender mais sobre esses perfis ajuda a descobrir cada uma delas e como lidar com isso em modelos de venda e de atendimento ao cliente.

Como uma avaliação de perfil ajuda a entender as necessidades do cliente?

Ao avaliar o perfil dos clientes de um negócio por meio de um teste de personalidade, é possível traçar estratégias de venda específicas para cada perfil, trabalhando assim um maior foco no cliente ao longo das ações de marketing. Entender a psique do indivíduo é um instrumento poderoso para influenciar a efetivação de uma compra, pois a aplicação de técnicas de venda pode ser feita considerando especificamente a postura geral de um grupo de clientes perante determinados estímulos e ações. 

Os perfis comportamentais revelam também o perfil dessas pessoas como compradores. Podem ser mais pragmáticos e objetivos, no caso de um analista, por exemplo, e que deseja obter todos os detalhes possíveis de uma compra antes de realizá-la. Nesse caso, fornecer o máximo de dados possíveis sobre um produto e demonstrar as vantagens que ele possui em comparação a outros será uma boa forma de conquistá-lo. 

Já por outro lado, existem clientes menos ligados ao lado racional da negociação, e mais ao emocional. Alguns clientes com esse perfil, mais conectado às características de um comunicador, irão valorizar a confiabilidade da venda. 

Outros, mais executivos, gostarão de ser o centro das atenções, e tratados com expressão e rapidez, mas sem perder o lado profissional. 

Esse tipo de análise só pode ser feita se a marca possui em mãos um direcionamento dos tipos de personalidade do cliente, obtidas por meio de um teste de personalidade. Após isso, em um espaço como um curso de marketing digital, é possível desenvolver melhor suas habilidades, sejam elas iniciantes ou avançadas, em utilizar essas informações de comportamento de uma forma eficaz nas campanhas de marketing. Com isso, o atendimento ao cliente pode ser muito mais personalizado, o que ajuda na formação de um laço de fidelidade entre o vendedor e a clientela.

 

 

 

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Autor